Dados governamentais abertos, mobilidade urbana e laboratórios vivos (Living labs): um estudo a partir da experiência do MobiLab no município de São Paulo

Resumo

A pressão pela publicação e divulgação de mais dados governamentais produzidos pelos governos tem contribuído não só para aprimoramento dos níveis de transparência pública, mas também como forma de potencializar o desenvolvimento de serviços públicos digitais por meio de novas plataformas TIC. Em São Paulo, a criação de um ambiente de inovação, pautado pela criação de ferramentas e soluções digitais do tipo, desenvolvidas através da coparticipação entre o governo municipal e demais partes interessadas, se baseou essencialmente na utilização de dados abertos de transporte e mobilidade urbana. Dessa forma, nasceu o MobiLab, um laboratório vivo (living lab), pautado pela copartipação de setor público, empresas, universidades e demais potenciais usuários que juntos, passaram a direcionar seus esforços para a criação de soluções digitais voltadas para solucionar problemas de locomoção presentes hoje no cotidiano do município de São Paulo. Esta dissertação, portanto, buscou lançar um olhar para o MobiLab, de modo a poder realizar um estudo de caso que contemplasse as questões envolvendo a utilização de dados governamentais abertos, a partir da utilização de um living lab, o MobiLab, como catalisador de diferentes oportunidades e desafios que governos, empresas e a sociedade podem enfrentar engajadas no uso de novas tecnologias criadas a partir do uso de dados abertos. Como forma de melhor analisar as atividades realizadas no MobiLab, a pesquisa realizou um estudo de caso junto à startups participantes de um programa de residência, onde foi possível acompanhar parte do processo de criação de aplicativos digitais e a percepção dos usuários do laboratório a respeito da utilização de um ambiente de inovação tecnológica, caracterizado pelo uso de dados abertos e a forma como ele incide no desenvolvimento das soluções propostas.

Palavras-chave:

Aplicativos, Dados Governamentais Abertos, Living Labs, Mobilab, Startups.

Autor

Allan Souza Santos

Orientador

Martin Jayo

Clique aqui para ler a dissertação na íntegra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + um =