Vigilância por dados, privacidade e segurança: entre a exploração pelo mercado e o uso estatal

O artigo foi publicado na Liinc em Revista o dossiê “Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura”, organizado pelos professores Marco Schneider (IBICT), Marcos Dantas (UFRJ) e Pablo Nabarrete Bastos (UFF). O artigo tem como objetivo estudar a vigilância digital contemporânea, e a forma pela qual os dados sensíveis dos usuários são recolhidos e analisados para diferentes propósitos. O texto tem como objetivos específicos descrever formas tecnológicas de vigilância a partir de dados pessoais e comportamentais gerados nas comunidades virtuais das pessoas e estudar as relações entre a economia política do capitalismo contemporâneo e a privacidade. Além disso, o artigo busca compreender como os Estados e organizações privadas se utilizam da vigilância de dados eletrônicos. A principal Hipótese deste artigo é a de que, com o avanço das tecnologias digitais e o desenvolvimento de um ciberespaço, foram possibilitadas novas modalidades de vigilância que, em tese sejam benéficas aos interesses dos usuários em diversas circunstâncias, do mesmo modo criando riscos a seus direitos fundamentais, como à vida privada. 

Acesse o texto completo: https://revista.ibict.br/liinc/article/view/5104/4634

Referências : FORNASIER, Mateus; KNEBEL, Norberto; SILVA, Fernando. Vigilância por dados, privacidade e segurança: entre a exploração pelo mercado e o uso estatal. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v.16, n.1, e5195,maio2020. Disponível: <http://www.ibict.br/liinc https://doi.org/10.18617/liinc.v16i1.5195>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =