Tecnologia da informação e ideologia política na comunicação online governamental

Os órgãos governamentais são orientados a comunicar informações objetivas ao público, mas estudos mostram que a ideologia política pode desempenhar um papel importante na quantidade de informações oferecidas pelo governo. O principal argumento deste artigo mostra que a ideologia de um administrador principal e seu alinhamento com a missão da agência podem restringir os tipos de informação que as agências governamentais fornecem, o que pode ou não constituir um tipo de captura regulatória. Esse impacto também pode ser moderado pela mídia específica em que a comunicação ocorre. Este texto tem base nos estudos de caso da comunicação online da Agência Ambiente dos Estados Unidos durante 2013 a 2014, por meio de termos tópicos e análises de documentos de postagens do Twitter e comunicados de notícias na web. Os resultados mostram que as informações permanecem amplamente consistentes entre as administrações e os canais de mídia, mas são observadas distinções notáveis que apontam para as ideologias políticas dos administradores no cargo, incluindo uma restrição de informações científicas relevantes sobre mudanças climáticas. Além disso, os estudam mostram diferenças entre os tipos de mídia que podem refletir recursos de velocidade e popularidade do Twitter em comparação com a comunicação do site.

Texto completo em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0740624X22000831

DEPAULA, Nic. Political ideology and information technology in government online communication. Government Information Quarterly, 2023 ed. 1. v. 40. Disponível em: < https://doi.org/10.1016/j.giq.2022.101747 >

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − quatro =