O desenvolvimento de tecnologias digitais em saúde para o enfrentamento da COVID-19 no Brasil

A pandemia de COVID-19 foi considerada uma emergência de saúde pública internacional, que atingiu o mundo no final de 2019. As orientações para o manejo clínico dos pacientes infectados e a prevenção de novos casos estão centradas nas medidas de controle dos sintomas, hábitos de higiene, isolamento social e diminuição da aglomeração de pessoas. Neste contexto de pandemia forçou uma mudança no modelo tradicional de atendimento. As organizações de saúde tiveram de renunciar ao rotineiro cuidado presencial e investir em soluções tecnológicas para realizar o acompanhamento clínico não presencial dos pacientes. Em vista disso, os profissionais de saúde enfrentam um duplo desafio: avançar nos conhecimentos sobre uma nova doença e adaptar-se a uma nova maneira de prestar cuidados.

No Brasil, com a chegada da COVID-19, identificou-se o desenvolvimento de ferramentas tecnológicas de autoavaliação que funcionam de maneira integrada visando à identificação de pacientes contaminados com o novo coronavírus. Essas tecnologias têm o objetivo de reduzir a exposição e o contato de usuários infectados com outras pessoas, diminuindo a propagação do vírus. Desta forma, este texto tem o objetivo de analisar algumas experiências de uso das tecnologias digitais em saúde, para minimizar os impactos da COVID-19. Também, identificou-se o desenvolvimento de soluções tecnológicas de manejo clínico do paciente, diagnóstico por imagem, uso de inteligência artificial para análise de riscos, aplicativos de geolocalização, ferramentas para análise de dados e relatórios, autodiagnóstico e, inclusive, de orientação à tomada de decisão. A grande maioria das iniciativas listadas foi eficaz na minimização dos impactos da COVID-19 nos sistemas de saúde, de modo que visa à diminuição da aglomeração de pessoas e assim facilita o acesso aos serviços, bem como contribui para a incorporação de novas práticas e modos de cuidar, em saúde.

Texto completo: https://doi.org/10.1590/0102-311X00243220 

Referência: CELUPPI, Ianka C. et al. Uma análise sobre o desenvolvimento de tecnologias digitais em saúde para o enfrentamento da COVID-19 no Brasil e no mundo. Cadernos de Saúde Pública [online]. 2021, v. 37, n. 3. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/0102-311X00243220>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + sete =